Governo de MT suspende retomada das obras do VLT

Por Lucas Lyra

O Governo do Mato Grosso anunciou nesta quarta-feira (9) que as conversações com o consórcio VLT Cuiabá-Várzea Grande, que retomaria as obras de construção do trajeto para o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) foram suspensas. As negociações foram interrompidas após a deflagração da Operação Descarrilho da Polícia Federal (PF), que aponta desvios na obra de pelo menos R$1 bilhão.

A operação envolve ao todo 19 mandatos em cinco estados. O ex-secretário extraordinário da Copa do Mundo, Maurício Guimarães, foi conduzido coercitivamente para prestar depoimento. Outros 18 mandatos de busca e apreensão foram cumpridos em São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso, Minas Gerais e Paraná.

As obras do VLT, que inicialmente ficaria pronto a tempo da Copa do Mundo de 2014, estão paradas desde dezembro daquele ano por decisão judicial devido ao relatório da PF que aponta crimes de fraude em procedimentos licitatórios, associação criminosa, corrupção ativa e passiva, peculato e lavagem de dinheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *