Alexandre de Moraes nega ações sobre Impeachment de Temer

Por Letícia Valadares

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, negou os mandatos de segurança apresentados por parlamentares e pelo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia que pediam à Corte a ordenação para o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), prosseguir com os pedidos de impeachment do presidente da República Michel Temer, na Câmara

Das ações apresentadas, a primeira é de autoria dos deputados Alessandro Molon (Rede-RS), Aliel Machado (Rede-PR), Henrique Fontana (PT-RS) e Júlio Delgado (PSB-MG), que foi apresentado no dia 28 de julho.  E a segunda foi apresentada pelo presidente da OAB. Os dois pedidos citam a demora e omissão do presidente da Câmara.

Os autores das ações buscavam a emissão de uma liminar obrigando Maia a analisar as denuncias apresentadas e instalar comissões especiais para analisar o mérito dos pedidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *