Fachin rejeita pedido de suspensão de Janot nas investigações contra Temer

Por Letícia Valadares

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), rejeitou nesta quarta-feira (30), o pedido de suspensão do Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, feito pela defesa de Michel Temer, para atuar na investigação contra o presidente que tramita na Corte.

Na decisão, Fachin entendeu que Janot teria sido imparcial durante as investigações contra o presidente.

O advogado de Temer, Antônio Mariz, também acusa o procurador de parcialidade. “Se ao contrário, assumir de pronto que o suspeito é culpado, sem uma convicção da sua responsabilidade, vai atuar no curso das investigações e do processo com o objetivo de obter elementos que confirmem o seu posicionamento prematuro”, disse.

A defesa ainda cita a fala de Janot durante uma palestra. “Enquanto houver bambu, lá vai flecha”, segundo o advogado seria uma referência ao processo de investigação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *