Fachin da 60 dias para Joesley apresentar novas provas de delação

Por Lucas Lyra

 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, relator dos processos da Operação Lava-Jato no STF, concedeu 60 dias adicionais para que Joesley Batista, apresente novas provas de sua delação premiada.

Fachin acatou um pedido da defesa de Joesley seguindo um parecer da Procuradoria Geral da República (PGR) que concorda com a solicitação do empresário.

Segundo o despacho de Fachin, não existe nenhum obstáculo legal a “retificação ou dilação temporal” da delação, desde que “sem adentrar à mudança substancial no pactuado, congruente com a eficácia e a efetividade da colaboração premiada.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *