Reforma Política de Shéridan se torna favorita na Câmara

Por Letícia Valadares

O relatório da deputada Shéridan Oliveira (PSDB-RR), que propõe mudanças no sistema eleitoral, tornou-se o mais popular entre os deputados.

O texto sugere o fim das coligações e a criação de uma cláusula de desempenho, o que pode prejudicar os pequenos partidos. Além disso, estabelece que os partidos tenham acesso ao fundo partidário apenas se atingirem 1,5% dos votos em no mínimo 9 estados durante as eleições.

Ricado Trípoli, líder do PSDB na Câmara, disse em plenário que há um consenso básico em torno da PEC da deputada. “Os parlamentares entenderam que ela vai ser apreciada na semana que vem, pois há determinado entendimento sobre essa matéria”.

Apesar de ter se tornado popular entre os parlamentares, a proposta não agrada os partidos menores, pelo fato de deixá-los de fora do fundo partidário.

O deputado José Rocha, líder do PP na Casa, não concorda. “Com o número de 1,5%, os pequenos poderão crescer até conseguir o suficiente para não perder esse direito. O que não podia era jogar 2% de cara, mas, crescendo gradativamente, daremos conta’’, afirma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *