Temer estuda antecipar retorno da China

Por Lucas Lyra

 

O presidente Michel Temer, segundo fontes de bastidores, estuda retornar da China antes do que era previsto. A volta estaria sendo antecipada devido a uma possível segunda denúncia do Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, contra Temer.

A percepção geral é de que Janot deve denunciar Temer ao Supremo Tribunal Federal (STF) ainda antes de sair do cargo, o que acontecerá no próximo dia 18.

Na programação original Temer voltaria na sexta-feira (6), véspera do desfile de 7 de setembro. Agora, é possível que o presidente volte logo após a cúpula do Brics (bloco formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), na terça-feira (3).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *