Jungmann diz que não há espaço para cortes na Defesa

Por Lucas Lyra

 

O ministro da Defesa, Raul Jungamnn (PPS-PE) afirmou durante visita à Recife neste domingo (3), que “não há espaço para contingenciamento de verbas no ministério da Defesa”. Segundo ele, a situação da pasta está “no limite”.

Dentre os cortes orçamentários federais de março e junho, que ao todo bloqueou R$48 bilhões em gastos do Executivo, o Ministério da Defesa teve seu repasse diminuído em quase R$6 bilhões. O exército, isoladamente, sofreu um contingenciamento de 43% de suas verbas.

Segundo Jungmann, caso não haja liberação de mais verbas para a pasta, “terá um cenário complicado, em que terá que reduzir muitos dos serviços que são feitos. Você terá que, possivelmente, fechar unidades e outros problemas mais. Você vai ter que reduzir, por exemplo, o número dos que vão prestar serviço militar, que são 80 a 90 mil. Você vai ter uma série de restrições, procurando preservar o que é essencial para a defesa do país”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *