JBS nega a omissão de informações para a PGR

Por Lucas Lyra

 

A holding J&F, controladora da JBS, informou via nota na noite desta segunda-feira (4) que o Procurador Geral da República (PGR), Rodrigo Janot, cometeu uma “interpretação equivocada” de trechos dos diálogos entre os executivos da JBS e a PGR, e que não há indícios de crimes e fatos não relatados anteriormente à PGR.

A nota vem em resposta a Janot, que abriu uma investigação nesta terça-feira (4) sobre suspeitas de que os delatores omitiram informações da procuradoria durante o processo. Segundo o procurador, se as suspeitas forem confirmadas, os envolvidos podem perder os benefícios da delação.

“É verdade que ao longo do processo de decisão que levou ao acordo de colaboração, diversos profissionais foram ouvidos — mas em momento algum houve qualquer tipo de contaminação que possa comprometer o ato de boa fé dos colaboradores”, disse a nota da JBS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *