Joesley ficará em cela de 9m² em Brasília

Por Lucas Lyra

 

Fontes da Polícia Federal dão conta de que Joesley Batista e Ricardo Saud, transferidos pela Polícia Federal (PF) de São Paulo para Brasília nesta segunda-feira (11), ficarão separados em celas de 9m² sem janelas na carceragem da Superintendência da PF na capital federal.

A veiculação da prisão dos empresários teve muita repercussão em Brasília. Entre políticos, empresários e a população em geral, a reação é muito positiva ao desfecho do caso. O acordo de delação foi considerado pela maioria dos brasileiros “muito frouxo”, com benesses muito além das aceitáveis para os empresários corruptos.

Joesley sentimental

Relatos dão conta de que ao chegar na Superintendência da PF em São Paulo neste domingo (10) após se entregar, Joesley Batista teria chorado muito na hora de entrar na cela que ficou até ser transferido para Brasília nesta segunda-feira.

O acordo de delação premiada de Joesley e Saud foi temporariamente suspenso pelo ministro do Supremo após a divulgação de indícios que sugerem que ambos teriam omitido informações da procuradoria, o que se for confirmado, deve levar à anulação do acordo.

Fachin decretou a prisão preventiva dos executivos, que vence em cinco dias a partir de domingo. A prisão temporária pode, porém, ser estendida ou até mesmo convertida em preventiva, que não tem prazo legal para ser revista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *