Registro profissional de Marcelo Miller é suspenso pela OAB

Por Gabriela Mestre

Com supervisão de Lucas Lyra

O registro profissional do ex-procurador do Ministério Público Federal, Marcelo Miller, foi formalmente suspenso durante 90 dias pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) nessa quarta-feira (13), e sua carteira de advogado pode ser cassada no decorrer das investigações que acusam Miller de beneficiar a empresa J&F em acordos de leniência, enquanto ainda era servidor público.

As acusações foram feitas pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que já havia requisitado a prisão de Miller, seu antigo braço direito. Durante delação dos irmãos Joesley e Wesley Batista, empresários da J&F, a incriminação do ex-procurador foi consolidada, e o presidente nacional da OAB, Cláudio Lamachia, efetivou a suspensão cautelar.

A defesa de Marcelo Miller alegou em nota a ilegitimidade da suspensão e declara que ele não foi ouvido no processo, que está em sigilo e em curso desde o dia 27 de junho, sem previsão de término.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *