STF autoriza avanço de investigações contra Temer

Por Gabriela Mestre

Com supervisão de Lucas Lyra

Após o requerimento de abertura de investigação feito pelo procurador Rodrigo Janot para analisar o Decreto dos Portos do presidente Michel Temer (PMDB), o ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso autorizou nesta terça-feira (12) à solicitação. Segundo Barroso, a quantidade de provas oferecidadas são o suficiente para uma análise mais profunda acerca de possíveis benefícios cedidos por Temer à empresa Rodrimar S/A, que opera em Santos (SP).

O presidente teria editado o decreto 9.048 de 2017 em acordo com o ex-acessor e ex-deputado Rodrigo Rocha Loures, o qual foi citado em delação premiada pela J&F por esquemas de corrupção. A edição da norma prorrogou em 70 anos o limite das concessões da empresa paulista e estendeu por uma década os prazos dos contratos de concessões e arrendamentos desde 1993.

A defesa de Temer enviou ao Supremo uma manifestação alegando que o requerimento das investigações significa uma perseguição de Janot ao Governo do presidente, que o pedido é repleto de inverdades e afirmou que o Decreto não ofereceu benefícios à Rodrimar S/A.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *