Temer assina Tratado de Armas Nucleares

Por Letícia Valadares

O presidente Michel Temer assinou nesta quarta-feira (20), em Nova York, o Tratado de Armas Nucleares, o Brasil foi o primeiro de 42 países a assinar o texto. O acordo impede os testes, a produção, a compra, e o desenvolvimento das armas nucleares ou qualquer outro dispositivo nuclear explosivo. Ainda hoje, mais oito países devem assinar o documento.

O tratado foi proposto pelo Brasil, México, Nigéria, África do Sul, Áustria e Irlanda no fim de 2016.  O texto obriga os Estados-parte a não participar ou permitir atividades relacionadas ao desenvolvimento e ao uso de armas nucleares

O documento foi acordado no dia 7 de julho, a assinatura desta quarta-feira, é a segunda etapa para a validação do Tratado. Em seguida, é preciso que todos os países que assinaram o texto, façam a ratificação, o acordo só valerá após todos passarem por esse processo.

Em seu Twitter, Temer, afirmou que essa foi uma grande contribuição para um mundo seguro. “Essa é uma importante contribuição para as aspirações comuns de um mundo mais seguro e pacífico”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *