Irmãos Batista recebem novas incriminações da PF

Por Gabriela Mestre

Com supervisão de Lucas Lyra

Presos desde o dia 15 de setembro, os empresários Joesley e Wesley Batista foram incriminados nessa sexta-feira (22) por manipulação do mercado financeiro e uso indevido de informação privilegiada, assim como abuso de poder de controle e administração.

As informações teriam sido obtidas por meio de colaborações premiadas ainda em sigilo. Com isso, eles teriam vendido ações da empresa e feito negociações no mercado de dólares antes da divulgação das delações envolvendo Michel Temer.  No mesmo dia, o pedido de habeas corpus feito pela defesa dos irmãos Batista foi negada pelo Supremo Tribunal de Justiça (STJ) por quatro votos a um.

A defesa dos empresários da JBS classificou a denúncia como injusta e lamentável, valorizando a disposição dos irmãos como delatores, e afirmou que irá recorrer ao Supremo Tribunal Federal. Joesley e Wesley estão mantidos na carceragem da Polícia Federal, em São Paulo, em celas separadas e individuais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *