Nos EUA, FHC diz que STF é o guardião da Constituição

Por Letícia Valadares

O ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, falou durante uma conferência nos Estados Unidos, em comemoração do 40º aniversário do programa de América Latina da fundação Wilson Center, na quinta-feira (29), que Supremo Tribunal Federal (STF) é o guardião da Constituição brasileira e tem a palavra final no país. “Ele decide e é isso”, afirmou. O tema em debate na palestra, era “O impacto político da corrução na América Latina”.

As declarações de FHC, coincidem com a data da votação realizada no STF, que decidiu pelo afastamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG), que é seu colega de partido e presidente nacional licenciado da sigla, Fernando Henrique, é presidente de honrado mesmo.

Durante o seu discurso, o ex-presidente afirmou que antigamente, os brasileiros questionavam mais o “generais de 4 estrelas”, e que atualmente, nem mesmo sabem o nome deles. Mas em relação ao STF,  “os nomes dos 11 ministros da Suprema Corte fazem parte do cotidiano das pessoas […] Inclusive quando vamos criticar algum deles, nós sabemos os nomes. Isso foi uma transformação”, disse. E completou dizendo, que a última palavra sempre são eles que dão. “E a Suprema Corte, como guardiã da Constituição, tem a decisão final. Ela decide e é”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *