Doria minimiza preocupação com DEM

Por Letícia Valadares

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), falou nesta sexta-feira (13), sobre a desistência do DEM em lançar sua candidatura para à presidência em 2018. “Estamos em uma corrida que não é de 100 metros. É uma maratona, que se disputa metro a metro”, disse.

Ao ser questionado se estaria assumindo a sua candidatura, Doria despistou. “Eu nem me assumi como candidato, como posso desistir? Estamos todos numa corrida eleitoral. O PSDB, meu partido, estará presente. E certamente na condição de favorito. Quem achar que é uma corrida de 100 metros vai cansar rápido”, falou.

Recentemente, Doria foi sondado pelo DEM, a sigla estaria de portas abertas caso Doria não consiga se candidatar pelo PSDB em 2018. Outros nomes citados para compor a chapa, são ACM Neto, prefeito de Salvador, e o ministro da Educação, Mendonça Filho.

Para alguns peemedebistas ligados ao prefeito de São Paulo, uma chapa ligadas por eles, teria forças no nordeste. E em contra partida, Doria apoiaria a candidatura do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para a prefeitura do Rio de Janeiro e o senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), para a prefeitura de Goiânia.

O presidente do DEM, senador Agripino (RN), disse que o partido não convidou Doria. Assim como Temer, a cúpula da sigla quer evitar problemas com o governo Geraldo Alckmin (PSDB).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *