Ciro Gomes diz que os eleitores de Bolsonaro são dele

Por Letícia Valadares

O pré-candidato do PDT à presidência da República, Ciro Gomes , falou durante uma entrevista de TV, no último domingo (22), que acredita que os simpatizantes do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) devem migrar para sua pré-candidatura. “O eleitor do Bolsonaro é meu. Eles não perceberam, mas eles estão procurando seriedade, autoridade. Eu sou isso, de verdade”, afirmou.

O ex-governador do Ceará, argumenta que mesmo não concordando “com absolutamente nada do que o Bolsonaro fala, diz ou representa”, considera que o político seja “mais íntegro do qualquer tucano nesse momento”. Dessa maneira, atacou os nomes de peso do PSDB, como o senador Aécio Neves (MG) e o prefeito de São Paulo, João Doria.

Para ele, o nome mais forte do PSDB para a presidência é o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin. Segundo Ciro, foi o governador “quem inventou este farsante, prefeito de São Paulo. ‘Prefake’ de São Paulo. Prefeito falso. É farsante, pura e simplesmente”. “Se o PSDB quiser ter alguma chance, nas declinantes chances pelo contínuo cometimento de erros, o homem mais viável é o Alckmin, que é governador de São Paulo, que tem experiência, tem vivência”, afirmou.

Ciro ainda se defendeu das acusações que ele teria atacado uma possível candidatura de Marina Silva (Rede), ao dizer que o momento político “é de testosterona”. Ele afirma, que sua intenção foi criticar o cenário atual. “Tenho afeto e respeito pela Marina”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *