Ministério da Saúde integrará oferta de medicamentos em todo país

Por Letícia Valadares

O Ministério da Saúde começará na próxima quarta-feira (24), a integrar informações de oferta de medicamentos em todo o país. O objetivo, é saber qual é o consumo em cada localidade e quantos são os medicamentos que estão próximos à data de vencimento, nos estados e municípios, para serem devidamente aproveitados. As informações serão direcionadas para a Base Nacional de Dados da Assistência Farmacêutica.

Ainda deverão ser monitorados, em tempo real, as informações do paciente e das unidades de saúde. O sistema poderá calcular possíveis perdas, sugerir remanejamento de produtos e indicar o quantitativo, que deve ser comprado para atender às necessidades do estado ou município.

A base, que já foi testada no Distrito Federal; Alagoas; Tocantins e Rio Grade do Norte, pode evitar o desperdício de até 30% dos produtos farmacêuticos entregues, equivalendo a R$ 20 milhões no terceiro trimestre de 2017. Segundo a estimativa do Ministério da Saúde, caso a experiência seja replicada em todo o país, mais R$ 1,5 bilhões serão revertidos em medicamentos para a população.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *