Ministro de Minas e Energia deixa PSB para votar a favor de Temer

Por Letícia Valadares

O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho pediu desfiliação do PSB nesta quarta-feira (25). Na terça-feira (24), se desligaram do PSB, a deputada federal Tereza Cristina (MS) e os deputados Danilo Forte (CE), Fábio Garcia (MT) e Adilton Sachetti (MT), por incompatibilidade ideológica, política e programática. O ministro foi exonerado na semana passada para retornar seu mandato na Câmara dos Deputados e ampliar a base de apoio a Michel Temer na votação da segunda denúncia.

A decisão de desligar do sigla, aconteceu após ameaças de punição no partido, os deputados dissidentes decidiram se desligar do PSB para manter o voto favorável ao governo em plenário.O diretório Nacional do partido, recomendou na ultima reunião, que os deputados fossem expulsos do partido, pois vinham contrariando a orientação da bancada e votando a favor do governo. A expulsão foi impedida por liminar da justiça.

Na votação da primeira denúncia contra o presidente, a divisão do partido já era evidente, dois deputados votaram a favor de Temer na comissão de Constituição, Justiça e cidadania (CCJ), e no plenário. A deputada Tereza Cristina foi destituída da condição de líder do partido na Câmara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *