Corregedoria da PM do Rio sofre novas mudanças

Por Gabriela Mestre

Com supervisão de Lucas Lyra

Seis oficiais foram afastados da Corregedoria da Polícia Militar do Rio nessa sexta-feira (3), que investiga crimes na própria PM. A exoneração precede a convocação do novo corregedor, coronel Jorge Fernando de Oliveira Pimenta.

A PM não se manifestou sobre as exonerações, que atingiram cinco majores e um tenente-coronel. Dentre eles, estava o major Manuel Carlos Pontes, responsável pelas investigações de militares do Batalhão de Choque na Rocinha.

O coronel Fernando de Oliveira, nomeado após a abdicação do então corregedor Wanderby Braga de Medeiros, já atuou como comandante do Batalhão de Choque da PM, o que faz moradores da favela temerem retrocesso nas investigações vigentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *