Temer recua com Marun e pode ir à reeleição, são os destaque da coluna desta quinta-feira

Temer recua e suspende nomeação de Marun

O presidente Michel Temer suspendeu a nomeação do deputado Carlos Marun (PMDB-MS) como ministro da Secretaria de Governo. A decisão foi tomada no fim da tarde de ontem (22). Pressionado por deputados tucanos, o presidente decidiu manter a pasta com Antônio Imbassahy (PSDB). Outra razão da substituição, porém obviamente não assumida, é o fato de Marun ser muito ligado ao ex-deputado Eduardo Cunha, preso pela Operação Lava Jato.

Dívidas dos estados vira barganha

A dívidas dos estados entrou no rol de barganha para aprovação da reforma da Previdência. A reunião de ontem do presidente Temer com 13 governadores, para angariar apoio à reforma, não obteve o efeito completo pretendido. Em verde, os governadores quem muito em troca. E uma dessas são as perdas dos estados com a Lei Kandir. A força dos governadores já mobiliza parte dos deputados governistas, que ameaça não votar o projeto de reforma previdenciária se o governo se negar a fazer acordo para cobrir as perdas.

CCJ aprova fim do foro privilegiado

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou ontem o projeto que limita o chamado foro privilegiado para políticos. A proposta veio do Senado e segue agora para análise de uma comissão especial da Câmara. O texto propõe que só terá direito a julgamento no Supremo os presidentes do Três Poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário).

Frente quer investigação do leilão do pré-sal

O leilão do pre-sal, que pode ter favorecido empresas britânica, poderá ser objeto de investigação por parte da Procuradoria-Geral da República. Pelo menos é o que deseja a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Soberania Nacional, que pede que o leilão seja anulado por fraude. Um telegrama diplomático do governo britânico, publicado pelo jornal The Guardian, revelou que o governo Temer atuou em benefício das multinacionais BP, Shell e Premier Oil.

Skaf é investigado por abuso em campanha

A Procuradoria Regional Eleitoral em São Paulo investiga o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf (PMDB), por utilização de estrutura funcional com fins eleitorais. A investigação preliminar vai apurar se Skaf aproveitou propaganda do chamado Sistema S (Fiesp, Sesi e Senai) para reforçar sua imagem de pré-candidato ao Governo do Estado de São Paulo.

‘Vingança pornográfica’

O registro ou divulgação, não autorizada, de cenas da intimidade sexual de uma pessoa, a chamada “vingança pornográfica”, será crime com punição com prisão de dois a quatro anos, mais multa. É o que determina o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 18/2017, aprovado ontem pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e que segue em regime de urgência para o Plenário.

Temer pode tentar a reeleição

Agora se explica porque o presidente Temer não gostou da pré-candidatura a presidente do seu ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. É que ele próprio pretende ser candidato. Ao mesmo é isto que se ouve pelos corredores do Palácio do Planalto. Mesmo com alto índice de desaprovação, o presidente parece disposto a encarar a empreitada. A conferir.

Esquerda vai na jugular da Globo

O PT, PDT e PSOL se uniram e entraram com três representações contra a Globo e o presidente do grupo, Roberto Irineu Marinho, junto à Procuradoria Geral da República, ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, com base na denúncia de que a empresa teria subornado a Fifa para fraudar a concorrência e firmar contratos para a transmissão das Copas do Mundo de 2016 e 2030. As denúncias foram feitas pelo empresário argentino Alejandro Burzaco.

Bola Dentro

O ministro do Supremo, Edson Fachin, enviou ao plenário da Corte a ação na qual a Procuradoria-Geral da República pede a anulação da decisão da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) que revogou a prisão dos deputados Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi, todos do PMDB. Agora caberá à presidente do STF, Cármen Lúcia, marcar a data do julgamento.

Gado brasileiro ganha a Austrália

O maior navio boiadeiro do mundo, o Ocean Shearer, com capacidade para aproximadamente 22.500 cabeças de gado, está atualmente atracado em São Sebastião/SP fazendo um carregamento de animais e ração. O gado é da multinacional australiana Wellard, que está realizando seu primeiro embarque de gado vivo pelo porto de São Sebastião.

Bola Fora

O Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação pretende denunciar o presidente da EBC, Laerte Rimoli, por debochar nas redes sociais de declaração da atriz Taís Araujo, que recentemente afirmou que seu filho é vítima de racismo. Depois de repercussão negativa, Rimoli pediu desculpas.

Frase do Dia

“Temos uma pauta comum entre União e estados, que é a reforma da Previdência, onde estamos empenhados em que seja aprovada. Logicamente que respeitamos a diversidade. Respeitamos a posição de quem pensa diferente, mas a ampla maioria está lutando e nós estamos engajados na questão da Previdência”.

Paulo Ziulkoski, presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *