Temer recorre ao Sírio-Libanês pela terceira vez no último trimestre

Por Gabriela Mestre

Com supervisão de Lucas Lyra

O presidente Michel Temer (PMDB) será submetido a uma revisão urológica no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, nessa quarta-feira (13). A informação foi divulgada pela assessoria do Palácio do Planalto, sendo a terceira vez que o presidente recorre ao Hospital nos últimos três meses.

Em outubro, Temer precisou realizar uma cirurgia na próstata de desobstrução da uretra, que resultou em retenção urinária. A redução do órgão pode ter originado as dificuldades que levaram Temer a cancelar os eventos de sua agenda nessa quarta-feira e viajar a São Paulo, a fim de realizar exames médicos e, possivelmente, um procedimento cirúrgico.

Desde segunda-feira (11) Temer vem realizando uma bateria de exames, conciliando-os aos seus compromissos oficiais. Na terça-feira, além de reunir cerca de 150 empresários no Planalto em busca de apoio para a reforma da Previdência, ele presenciou a inauguração do Selo Agro Mais Integridade ao lado do ministro da agricultura, Blairo Maggi.

Ainda na manhã de quarta-feira, Temer se encontrou com diversos prefeitos, com a mesma finalidade da reunião com os líderes empresarias no dia anterior. Como deve passar apenas uma tarde em São Paulo, está previsto que, na quinta-feira (14), ele presencie a cerimônia de posse do novo secretário de governo, Carlos Marun (PMDB).

No último mês, Temer passou por uma angioplastia de três artérias coronárias que melhoraram seu fluxo sanguíneo para o coração, também no Sírio-Libanês. Aos 77 anos, o peemedebista é o presidente mais velho da história do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *