Ministro da Defesa descarta tropas nacionais em julgamento de Lula

 

 

Da Redação

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, disse nesta quinta-feira (4) que não vê necessidade para o envio de tropas do Exército e da Força Nacional para Porto Alegre (RS), no próximo dia 24, quando o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) vai analisar a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Segundo Jungmann, além de não haver necessidade de mais homens na capital gaúcha (o estado já possui 200 homens da Força Nacional desde agosto de 2016), a solicitação ao governo federal só pode ser realizada por governadores, e não por prefeitos.

O pedido, enviado pelo prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan (PSDB), foi encaminhado pela Presidência da República para os ministérios da Defesa e da Justiça.Marchezan justificou o pedido dizendo querer “proteger o cidadão e o patrimônio público”. No documento ele reforça o pedido diante de “ameaça de ocupação de espaços públicos” e devido a uma suposta menção a “desobediência civil e luta” que teria sido divulgado por políticos.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *