EFEITO CASCATA: Após sanção de reajuste do STF, líderes do Congresso defendem movimento para aumento também dos salários do Legislativo. Confira outras informações na coluna JPM desta terça-feira (27)

Mesmo sob protesto do próximo governo, que reclamou da bomba-relógio do efeito cascata que provocará reajuste de 16,38% os salários dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e do procurador-geral da República, líderes do Congresso defendem um movimento para que o Legislativo também engorde seu contracheque. Deputados e senadores vão se agarrar no argumento de que há pressão dos servidores.As novas leis foram sancionadas pelo presidente Michel Temer. No mesmo dia, o ministro Luiz Fux, do STF, revogou o pagamento do auxílio-moradia para juízes, integrantes do Ministério Público, defensorias públicas e tribunais de contas.

TRUMP E BOLSONARO

O deputado Eduardo Bolsonaro não descarta a presença do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na posse do pai .Ele confirma que a questão ser decidida ainda nesta quinta-feira (29),durante reunião com Bolsonaro e John Bolton, titular do Conselho de Segurança Nacional,que viaja ao Rio para se encontrar com o presidente eleito.

 

 

DESESPERO DO PT

De fora das conversas para a formação de um bloco de esquerda na Câmara com PSB, PDT e PC do B, a direção do PT chamou dirigentes dos três partidos para um jantar nesta terça (27). Os petistas pretendem frear o movimento que pode isolá-los.

OMBUDSMAN

Com a chancela de ter sido a deputada mais votada do Brasil, com mais de 2 milhões de votos, a advogada Janaína Paschoal (PSL) promete acompanhar de perto e sem amarras políticas o governo do presidente eleito Jair Bolsonaro, mesmo estando na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). Uma das autoras do pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) promete ser uma espécie de ombudsman do novo governo, disparando seus petardos pelo Twitter.

 

DISCIPLINA

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), sacramentou que o Palácio do Planalto no governo dele será o mais militarizado desde o período da redemocratização. Ele anunciou para a Secretaria de Governo, o general de divisão da reserva Carlos Alberto dos Santos Cruz, o 13º ministro. “E o fato de ser um militar pode potencialmente ser algo bom. Levará a disciplina militar para dentro do governo. Se vai dar certo ou não dependerá da gestão e do desempenho dele, avaliam lideranças politicas.

 

PRISÃO DOMICILIAR

O ex-ministro Antônio Palocci pode deixar a cadeia amanhã, devido a um acordo de colaboração com a Justiça que firmou no âmbito da Operação Lava-Jato. O caso dele será julgado pela 8ª Turma Penal do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre. A defesa pediu revisão de sentença com base nas informações que foram prestadas por ele na investigação. A pena privativa de liberdade pode ser substituída por domiciliar, mediante uso de tornozeleira eletrônica.

 

O controlador do grupo ARG, Rodolfo Giannetti Geo, foi denunciado pelo Ministério Público Federal, nesta segunda-feira, mesmo dia em que os pais morreram em um acidente de avião. Adolfo Geo e a esposa Margarida Giannetti Geo morreram quando o avião em que estavam caiu em uma fazenda em Jequitaí, no Norte de Minas. O empresário  foi denunciado junto ao ex-presidente Lula por lavagem de dinheiro. A acusação formal levada à Justiça Federal aponta que, “usufruindo de seu prestígio internacional, Lula influiu em decisões do presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang, que resultaram na ampliação dos negócios do grupo brasileiro ARG no país africano”.De acordo com a assessoria de imprensa do Ministério Público Federal (MPF), estava prevista uma entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira, mas, devido a morte dos pais do denunciado o detalhamento à imprensa foi suspenso.

INVESTIGAÇÃO
PF abre Operação Computadores de Lama, sexta fase da Lama Asfáltica. Etapa mira remessas clandestinas de valores para o exterior realizadas por proprietários de empresas de informática que já eram alvo de investigaçãoOs prejuízos causados ao erário, somando-se as seis fases da Lama Asfáltica – e considerando as fraudes, os valores concedidos irregularmente como benefícios fiscais e as propinas pagas a integrantes do esquema -, passam dos R$ 432 milhões.Em nota, a PF .As medidas estão sendo cumpridas em Campo Grande/MS, Jaraguari/MS, Dourados/MS e Paranhos/MS, com a participação de mais de 100 policiais federais, 17 servidores da CGU e 33 servidores da Receita

DÓLAR

Para conter a alta do dólar, o Banco Central (BC) leiloará hoje (27) US$ 2 bilhões das reservas internacionais com o compromisso de comprar o dinheiro daqui a alguns meses. Desde o fim de agosto, a autoridade monetária não fazia esse tipo de operação.

 

AGENDA
*Michel Temer lança hoje (27) o Plano Nacional de Enfrentamento à Violência Doméstica contra a Mulher, às 15h, no Palácio do Planalto. Os ministros da Justiça, Torquato Jardim, e dos Direitos Humanos, Gustavo Rocha, estarão presentes à cerimônia.

*O Conselho Monetário Nacional (CMN) se reúne no Ministério da Fazenda. Participam os ministros do Planejamento, Esteves Colnago, e da Fazenda, Eduardo Guardia, e o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn.

*O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, participa, nesta terça-feira (27), da assinatura do convênio entre o Conselho Nacional de Justiça, Ministério das Relações Exteriores e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud).

*A Comissão Mista de Orçamento deve iniciar nesta terça-feira (27), às 16h, a análise e votação dos relatórios setoriais do projeto da nova lei orçamentária (PLN 27/18). O relator-geral da proposta é o senador Waldemir Moka (MDB-MS). São 16 relatórios setoriais que devem ser votados até o início de dezembro.

FRASE DO DIA

“Temos de fazer o devido estudo até para verificar se há instrumentos de impugnação, quais seriam, e em que caminho. Revisão de subsídios nada tem a ver com ajuda de custo para moradia, no entanto a lógica consequencialista adotada levou a isso”, afirmou nesta teca-feira (27), o coordenador da Frente Associativa da Magistratura e do Ministério Público (Frentas), juiz Guilherme Feliciano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *