‘Interferência do governo tem sempre um risco’, diz Maia sobre disputa por comando na Câmara

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu, em entrevista, que o Palácio do Planalto se mantenha neutro durante a disputa para o comando da Casa – em fevereiro – deixando a discussão a cargo dos partidos.

“Interferência do governo tem sempre um risco. Deixe que os partidos se organizem. Ainda é muito cedo, mas ideal é neutralidade”, afirmou Maia, questionado pelo blog.

Maia nega oficialmente, mas é candidato à reeleição em fevereiro. Ele já conversou sobre o assunto com diversos parlamentares – inclusive da oposição – e quer a garantia do governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), de que não haverá interferência direta na disputa.

Por G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *