Para garantir Coaf na Justiça, parlamentares cobram ampliação do número de ministérios

Diante da vontade do governo de manter o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) no Ministério da Justiça e Segurança Pública, parlamentares de partidos como MDB, DEM e do “Centrão” passaram a pressionar o Palácio do Planalto a aumentar o número de ministérios, informa o repórter Nilson Klava, da GloboNews.

A ideia ainda será levada ao presidente Jair Bolsonaro. O objetivo desses parlamentares é dividir o ministério do Desenvolvimento Regional nas extintas pastas das Cidades e da Integração Nacional.

O governo tem sido aconselhado por interlocutores no Congresso a ceder, ou seja, a abrir espaço para uma indicação vinda do parlamento. Assim, defendem esses interlocutores, pode aumentar a base de apoio e aprovar a reforma da Previdência, por exemplo.

“Seria uma sinalização importante na interlocução com o Congresso, um afago nos parlamentares nesse momento importante”, resume um parlamentar.

A medida é colocada por parlamentares como condição para o Coaf continuar no Ministério da Justiça. As discussões começam nesta terça-feira na comissão especial que irá analisar a MP 870, que reestruturou a Esplanada dos Ministérios no governo Bolsonaro.

Da Redação com informações do G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *