Presidente do Senado deve barrar CPI contra ministros do STF

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), deve fazer o arquivamento de uma nova comissão parlamentar de inquérito (CPI) articulada para investigar os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). De autoria do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), o requerimento será protocolado nesta terça-feira (3). A investida tem origem no movimento Muda Senado, Muda Brasil. Formado por 21 senadores, o grupo está disposto a enfrentar Alcolumbre para dar vazão as investigações. Na quinta-feira (29), eles haviam conseguido as 27 assinaturas necessárias para o pedido de CPI. Até então, tinham o apoio de 21 nomes, mas fizeram esforço intensivo para pelo menos conseguir apresentar o documento.

Se depender de Alcolumbre, a iniciativa não irá prosperar. Na mesma quinta-feira em que o Muda Senado conseguia as 27 assinaturas, o presidente da Casa afirmou a interlocutores que iria fazer o que fosse possível para não deixar o pedido avançar. Alcolumbre sustenta que é preciso preservar o equilíbrio institucional e que não pode fazer a Casa perder tempo discutindo impeachment de ministros do STF enquanto a economia patina e há milhões de desempregados.

Da Redacao

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *