Bolsonaro deve sair do PSL 

O presidente Jair Bolsonaro deve se reunir com o grupo de deputados bolsonaristas do PSL para informar que deixará o partido, em meio à crise deflagrada na sigla.

Segundo a publicação, o encontro acontecerá no Palácio do Planalto, onde Bolsonaro deve comunicar que ficará sem partido, pelo menos no curto prazo. Os advogados do presidente precisam definir ainda se ele irá se filiar a ouro partido já existente ou iniciará a criação de uma nova legenda, começando pela coleta de assinaturas.

O objetivo é deixar o PSL sem perder o mandato parlamentar. De acordo com aliados de Bolsonaro, toda a bancada do PSL na Câmara dos Deputados foi convocada, com exceção de nomes que o presidente considera traidores, como Joice Hasselmann (SP), Delgado Waldir (GO) e Major Olímpio (SP).

A decisão será tomada em meio um escândalo que envolve o uso de verbas públicas por meio de candidaturas laranjas em Minas Gerais e Pernambuco, revelado pela Folha de S. Paulo. Bolsonaro teria resolvido sair do PSL na semana passada, depois de avaliar que não é possível permanecer no partido comandado por Luciano Bivar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *