Planalto determina aumento na remuneração de altos cargos da Polícia Federal

Por meio de decreto, o  presidente Jair Bolsonaro (sem partido) determinou um aumento nos valores pagos a altos cargos na Polícia Federal (PF),  A reformulação extingue cargos DAS, que poderiam ser ocupados por qualquer pessoa, e cria postos comissionados, que somente funcionários públicos podem ocupar.

Com as mudanças, os superintendentes regionais passam do equivalente ao DAS3 para o DAS4, e novos cargos são criados, como de chefia de cartórios e de núcleo de operações. “Há chefias que estão sendo criadas, outras que estão sendo aumentadas os valores e há chefias que estão continuando no mesmo valor”, explica o presidente da Associação dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), Edvandir Felix de Paiva.

Ele afirma que não se trata de um aumento nos salários, mas de um acréscimo no valor pago pela função desempenhada.”Isso não é um aumento de folha de pagamento, isso é aumento de valor de função, de cargo de confiança que é transitório”, defende.

Paiva diz que esse era um pleito antigo da categoria, como ocorreu com a policia rodoviária no ano passado, e que deve facilitar a ida de funcionários para cargos menos atrativos. “Esse é um problema recorrente da PF: encontrar colegas que queiram assumir delegacias em locais ruins”, explica.

Além de Bolsonaro, a MP também conta com assinatura do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e do secretário-executivo do ministério da Economia, Marcelo Guaranys.

Da Redação com Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *