Ex-presidente do Paraguai Horácio Cartes vira réu na Lava Jato

 

O ex-presidente do Paraguai Horácio Cartes e o doleiro Dario Messer tornaram-se réus na operação Lava Jato. O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro, aceitou a denúncia contra eles por organização criminosa.

Horácio Cartes foi acusado na Operação Patrón, um desdobramento da Lava Jato no estado. A suspeita é de que ele tenha ajudado na fuga de Dario Messer, conhecido como o doleiro dos doleiros. Messer está preso desde o fim de julho.

As investigações apontam que Messer enviou uma carta ao ex-presidente paraguaio pedindo R$ 500 mil para cobrir gastos jurídicos quando ainda estava foragido. O nome da operação que cuidava do caso, Patrón, se referia a como o doleiro se dirigia a Cartes na carta.

Horácio Cartes foi eleito senador no Paraguai. Apesar de não ter assumido o cargo, ele alega possuir foro privilegiado e pede ao Ministério Público para ser investigado no país Com Agencias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *