Bolsonaro afirma que Weintraub ‘extrapolou’ em reunião

Segundo o presidente, o ministro “jamais falaria o que disse no dia 22 em reunião aberta”

O presidente Jair Bolsonaro saiu em defesa do ministro da Educação, Abraham Weintraub, após os ataques que o próprio ministro desferiu a membros do Supremo Tribunal Federal em reunião ministerial de 22 de abril, cujo vídeo foi divulgado na última sexta. Segundo Bolsonaro, “Weintraub jamais falaria o que disse no dia 22 em reunião aberta”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *