Irritado com as criticas, Bolsonaro chuta o balde e oficializa Pazuello na Saúde. Confira outras informações na coluna JPM desta quarta-feira(3)

Habemos ministro

Cansado com tanto tititi, o presidente Jair Bolsonaro formalizou no Diário Oficial da União desta quarta-feira (03) o nome do general Eduardo Pazuello para exercer, interinamente, o cargo de ministro da Saúde. O decreto que nomeia Pazuello ministro interino também exonera o general do cargo anterior na pasta, de secretário executivo. A decisão foi tomada um dia após a TV Globo exibir no Jornal Nacional reportagem criticando a interinidade do ministro. A emissora também ressaltou que o general é técnico e não médico. A formalização veio ao estilo já conhecido do presidente: tô nem ai!

 

No limite

Mesmo com as dificuldades de um sistema que há anos não comunicava dados entre órgãos do próprio governo, o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, constata que “chegamos perto de 60 milhões de brasileiros que receberam do Governo Bolsonaro o auxílio emergencial. São 14 lotes de pagamento, com a segurança aperfeiçoada e aprendizado com cada um delesLorenzoni lamentou que tantas pessoas não tenham se enquadrado às exigências e disse que a culpa não é do governo. Há limites para tudo, alegou Onyx.

Bolsonaro incomodado

O presidente Jair Bolsonaro voltou a demonstrar preocupação, nesta quarta-feira, 3, com os impactos econômicos da pandemia do novo coronavírus no País e disse que “parece que não tem noção quando vai acabar isso daí”. “O pobre está virando miserável e a classe média, pobre”. Ele afirmou, no entanto, que “não pode resolver tudo” e indicou que os apoiadores devem cobrar prefeitos e governadores. Na saída do Palácio da Alvorada, pela manhã, o presidente ficou incomodado ao ouvir, de um apoiador, que a mãe dele morreu de covid-19, no dia 16 de maio.

 

Enfim, uma esperança

O alento em relação á Covid-19, segundo jair Bolsonaro, é a vacina que está sendo desenvolvida pela Universidade de Oxford, na Inglaterra. O método é considerado um dos mais promissores do mundo e será testado no Brasil a partir deste mês com dois mil voluntários. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária autorizou a realização da pesquisa no país, conforme edição extra do Diário Oficial da União de terça-feira e com apoio do presidente da República.

Cavalo arreado

Rede Globo até tentou jogar nas costas do presidente Jair Bolsonaro gastos com anúncios publicitários em canais que apresentam, segundo a TV, “conteúdo inadequado”. A reportagem citou trechos do relatório produzido pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Fake News e divulgados Rede Globo até tentou jogar nas costas do presidente Jair Bolsonaro gastos com anúncios publicitários em canais que apresentam, segundo a TV, “conteúdo inadequado”. A reportagem citou trechos do relatório produzido pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Fake News e divulgados

Escolha aleatória

O Palácio do Planalto se limitou a explicar que a verba da Secretaria de Comunicação da Presidência é distribuída por meio do programa Google Adsense, que paga um valor ao site a cada vez que um usuário clica na publicidade ou apenas visualiza. Segundo o relatório da CPI das Fake News, a maior parte dos anúncios está relacionada à campanha do governo para promover a reforma de Previdência. O Banco do Brasil também figura na lista de quem pagou perlas mídias citadas.

Decisão coerente

O reajuste anual de preços de medicamentos e de planos de saúde pode ser suspenso durante a pandemia do novo coronavírus. A medida está no projeto de lei aprovado ontem no Senado por 71 votos a favor e 2 contrários. A proposta segue para a Câmara dos Deputados. O projeto suspende, por 60 dias, o reajuste nos valores de medicamentos e, por 120 dias, a correção das mensalidades de planos de saúde. Quem votou contra terá que se explicar à sociedade.

 

 

Nova onda

Por meio das redes sociais, um grupo de atletas, ex-atletas e jornalistas criou a campanha “Esporte pela Democracia”, que prega a defesa dos direitos humanos e visa combater injustiças sociais. O movimento conta com a participação de nomes como Raí, Joanna Maranhão, Guga, Serginho Escadinha, Fernanda Garay, Walter Casagrande e Igor Julião. As personalidades envolvidas emitiram uma nota que explica as diretrizes da campanha. O “Esporte pela Democracia” tem início em um momento em que diversas questões ligadas a direitos civis e respeito à diversidade estão sendo debatidas nas redes sociais.

Tombo recorde

A produção industrial brasileira desabou 18,8% em abril, na comparação com março e atingiu o nível mais baixo já registrado no país, conforme divulgou nesta quarta-feira (3) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. O tombo recorde evidencia a dimensão do impacto da pandemia de coronavírus e das medidas de isolamento social na atividade econômica. “É a queda mais intensa da indústria desde o início da série histórica, em 2002, e o segundo resultado negativo seguido, com perda acumulada de 26,1% no período”, informou o IBGE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *