TSE diz que é possível fazer eleição em Macapá em 6 e 20 de dezembro

O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Luís Roberto Barroso, enviou um ofício ao TRE-AP (Tribunal Regional Eleitoral do Amapá) no qual informou ser possível fazer a eleição em Macapá nos dias 6 e 20 de dezembro.

O primeiro turno em todo o país aconteceu no domingo (15), e o segundo turno está previsto para o dia 29. Mas o TSE adiou a eleição em Macapá atendendo a um pedido do TRE-AP. Na ocasião, o tribunal argumentou que o adiamento era necessário em razão da crise no fornecimento de energia no município.

Em ofício ao TSE, o Tribunal Regional Eleitoral propôs que o primeiro turno ocorresse em 13 de dezembro, e o segundo, no dia 27. Mas, segundo Barroso, a equipe técnica do TSE entendeu ser possível antecipar essas datas.

“Desse modo, informo a vossa excelência a possibilidade de antecipação das datas das eleições 2020 em Macapá para os dias 6 e 20 de dezembro de 2020. Ademais, solicito que, caso o pleno do TRE-AP aprove a alteração, seja agendado com máxima urgência o simulado solicitado pela STI/TSE”, afirmou Barroso no ofício.

O Amapá enfrenta uma crise no fornecimento de energia há duas semanas. Nesta terça, por exemplo, Macapá ficou totalmente sem luz. Municípios da região têm ficado totalmente sem energia desde que um incêndio atingiu a principal subestação do estado.

Na noite desta terça-feira, o Ministério de Minas Energia divulgou a seguinte nota sobre a situação no estado: “O sistema elétrico apresentou instabilidade e as causas estão sendo investigadas. O sistema está sendo restabelecido gradualmente.” (Com Assessoria)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *