STF desmente fake news sobre decisão de Alexandre de Moraes contra Bolsonaro

O Supremo Tribunal Federal informou que é falsa a informação de que o ministro Alexandre de Moraes teria proibido o presidente Jair Bolsonaro de tomar medidas que violem princípios constitucionais e causem ruptura institucional, como intervenção militar e nos demais poderes, golpe de estado e uso das Forças Armadas para proteção do Executivo.

Uma postagem que circula nas redes sociais, com erros de ortografia e concordância citava um inquérito de número inexistente e dispositivos desconexos do Regimento Interno do STF e dizia que Alexandre teria ameaçado Bolsonaro de prisão, com base na Lei de Segurança Nacional.

A corte reiterou o alerta para a checagem de informações suspeitas com o nome da instituição ou outras autoridades. Justamente por isso, o Supremo lançou a série de checagens #VerdadesdoSTF. Com informações da assessoria do STF.

Da redalção com o ConJur

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *