Após o feriado, Congresso espera MPs e posicionamento de Temer

Por Gabriela Mestre

Com supervisão de Lucas Lyra

O Congresso pretende votar a meta fiscal prevista em R$ 159 bilhões no decorrer da semana iniciada nesse domingo (5), procedendo ao período pouco produtivo do feriado. Além disso, o presidente Michel Temer deve se manifestar acerca das declarações dos ministros Torquato Jardim e Luislinda Valois.

Para que a meta fiscal seja atingida, o governo deve investir em mais Medidas Provisórias, que não são apoiadas pelo presidente do Congresso, senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), tampouco pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). “Não vamos ficar aqui carimbando medida provisória pra atender o governo ‘a’ ou o governo ‘b’”, afirmou Eunício.

Ainda nessa semana, a expectativa é que o presidente Michel Temer se manifeste, pela primeira vez, sobre as polêmicas levantadas nos Ministérios. Na ala dos Direitos Humanos, a ministra Luislinda Valois pediu aumento salarial e comparou seu trabalho ao escravo. Já o ministro da Justiça, Torquato Jardim, acusou a Polícia Militar do Rio de Janeiro de ligação ao crime organizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *