Humberto Costa protocola pedido de reconvocação de Queiroga na CPI

O senador Humberto Costa (PT-PE) protocolou, nesta segunda-feira (10/5), requerimento de reconvocaçao do atual ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, para prestar novo depoimento à CPI da Covid-19. Contudo, depende do presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM), colocar o requerimento na pauta de votação.

Queiroga esteve na comissão na última quinta-feira (6/5), por cerca de 9 horas, mas as respostas do ministro foram consideradas evasivas pelos senadores.

Costa destaca no requerimento que o depoimento de Queiroga “foi lacônico em muitos aspectos, inclusive e sobretudo porque alegou estar há poucos dias na condição de Ministro da Saúde”.

“O depoimento foi contraditório em diversos aspectos. Um deles diz respeito à afirmação de que, na gestão dele, não há promoção do uso da hidroxocloriquina para tratamento da Covid. Todavia, o ministro, até o presente momento, não revogou a portaria do Ministério da Saúde que prescreve o uso da medicação para este fim, mesmo sabendo-se que a medicação não possui eficácia para tal fim, consoante informam a OMS e diversos órgãos técnicos de saúde”, justifica o petist.

Além de Queiroga, a comissão já ouviu os ex-ministros da Saúde Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich.

Depoimento de Pazuello

O ex-ministro Eduardo Pazuello, que prestaria depoimento na última quarta-feira (5/5), teve sua fala adiada para 19 de maio, uma vez que alegou ter tido contato com duas pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

A CPI da Covid-19 tem o objetivo de investigar as ações e omissões do governo federal no enfrentamento à pandemia e, em especial, no agravamento da crise sanitária no Amazonas com a ausência de oxigênio, além de apurar possíveis irregularidades em repasses federais a estados e municípios.

 

Doc-SF212669616499-Entrega by Carlos Estênio Brasilino on Scribd

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *